Carta aberta aos farmacêuticos

0
0

O Conselho Federal de Farmácia, entidade que congrega 230 mil profissionais em atividade no país, vem a público reiterar que os farmacêuticos e as farmácias estão lado a lado com a população para garantir a imunização segura, eficaz e baseada em evidências.

Falamos em nome da única categoria de trabalhadores da saúde que participa de todo o ciclo das vacinas, da pesquisa e desenvolvimento, até a fabricação, logística de distribuição, vacinação e vigilância em saúde. E que detém como atribuição privativa a responsabilidade técnica pela produção desses medicamentos no Brasil.

Importante frisar que os farmacêuticos foram protagonistas no processo de autorização no uso emergencial das primeiras vacinas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), concluído em tempo recorde de 9 dias. E estarão lá, a postos, para avaliar, certificar e autorizar os próximos lotes seja de forma emergencial ou definitiva.

A ciência venceu, em tempo recorde, o maior desafio sanitário do planeta nos últimos séculos. A globalização de um agente patogênico microscópico altamente contagioso parou o mundo, nos trancou em casa e mudou todos os nossos paradigmas de convivência social. E como resultado da união de esforços de pesquisadores em todo o mundo, em menos de um ano, um décimo do tempo praticado até então, já temos à disposição as armas mais importantes para combater o inimigo.

Esse salto da ciência para conter uma tragédia sanitária que já matou mais de 2 milhões de pessoas no mundo, entre as quais 200 mil cidadãos brasileiros, não pode ser invalidado por informações falsas ou por divergências políticas, que espalham o medo e a insegurança.

Somente a adesão da população às vacinas, aliada à manutenção das medidas de prevenção à doença, como higienização das mãos, o uso de máscaras e o distanciamento social, nos permitirão conter a epidemia.

Defendemos a vacinação para todos e trabalharemos arduamente para divulgar os benefícios, a segurança e a eficácia das vacinas contra a Covid-19, de forma clara e transparente, pela ciência, a saúde pública e a vida!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui