CFF lança curso de rastreamento em saúde e “testes rápidos” para Covid-19

0
0

A capacitação é gratuita, totalmente on-line e está disponível na nova plataforma de educação virtual do conselho, a edu.farma

A autorização de testes rápidos para diagnóstico da Covid-19 em farmácias comunitárias, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), por meio da Resolução de Diretoria Colegiada (RDC) nº 377/2020, demandou a atualização profissional para o cumprimento dos critérios definidos na norma. Atento às demandas da categoria, o Conselho Federal de Farmácia (CFF) oferece, a partir desta sexta-feira, 26 de junho, o curso Rastreamento em saúde e realização de “Testes rápidos” para Covid-19 por farmacêuticos. O lançamento contou com a participação do secretário de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, farmacêutico Arnaldo Correia de Medeiros.

O desafio é atualizar os profissionais interessados na prestação desses serviços no país, visando a auxiliar na ampliação da capacidade de resposta da categoria às necessidades em saúde impostas pela doença, por meio da realização do rastreamento em saúde e, quando necessário, da testagem rápida para o SARS-CoV-2. Organizado em quatro módulos, com uma carga horária total de 40 horas e emissão de certificado a todos que cumprirem os pré-requisitos do programa, o curso será autoinstrucional, gratuito e ministrado integralmente em ambiente digital. Estará disponível para todos os farmacêuticos inscritos na nova plataforma de educação virtual do conselho, a edu.farma.

Destinada à oferta de cursos, palestras, simpósios e outras atividades virtuais para os farmacêuticos que integram o Sistema CFF/CRFs, a plataforma foi inaugurada durante a reunião plenária ordinária de junho, realizada on-line (leia abaixo). É uma solução própria, ou seja, foi desenvolvida internamente pela equipe de Tecnologia da Informação do conselho, e a proposta é utilizá-la para ampliar o alcance das iniciativas voltadas à capacitação e a atualização profissional. “Mesmo em meio à pandemia de Covid-19, o conselho se mantém ativo e atuante na promoção da assistência farmacêutica e da valorização profissional”, comenta o presidente do CFF, Walter da Silva Jorge João.

O presidente destaca que a decisão do CFF, de promover o curso, está em sintonia com as recomendações da Federação Internacional Farmacêutica (FIP) e de entidades nacionais e internacionais da área da saúde, como OMS e Ministério da Saúde. “Tanto a FIP, como essas entidades reconhecem o RT-PCR como o teste laboratorial de escolha para a detecção da infecção pelo vírus SARS-COV2 e o diagnóstico da COVID-19”, ressalta ele, alertando para a importância do registro da notificação pelos farmacêuticos, o que vai contribuir para que os gestores em saúde perceberem o quanto a profissão tem colaborado com a testagem no país.

O Brasil conta com 87 mil farmácias comunitárias e mais de 9 mil laboratórios de análises clínicas, além de quase 7 mil farmácias hospitalares. “Esses estabelecimentos empregam milhares de farmacêuticos que podem contribuir muito no combate ao novo coronavírus”, acrescenta.

Os testes rápidos auxiliam na tomada de decisão clínica mais ágil e oportuna, na monitorização da evolução do paciente e também no conhecimento do perfil epidemiológico da doença. “Esse e outros serviços diretamente destinados ao paciente, à família e à comunidade têm sido estimulados pelo CFF desde a publicação da Resolução nº 585/2013, que dispõe sobre as atribuições clínicas do farmacêutico e o lançamento do Programa de Suporte ao Cuidado Farmacêutico na Atenção à Saúde (Profar), em 2014. Com a pandemia, esses serviços, que sempre foram parte da expertise dos farmacêuticos, se tornaram ainda mais importantes e necessários” avalia Josélia Frade, a coordenadora do curso e assessora da Presidência.

Josélia Frade lembra que a pandemia e a consequente organização do curso demandaram a produção de uma série de materiais, disponíveis na plataforma edu.farma e também no hotsite do CFF sobre o novo coronavírus (covid19.cff.org.br). “Foram produzidas 11 apostilas para o curso e identificamos outras que incluímos como leitura complementar. Devido a dinâmica da pandemia após o lançamento do curso os materiais serão atualizados, caso necessário”, comenta.
Entre os materiais do curso está ainda um folder educativo para pacientes sobre Covid-19, desenvolvido pelo Centro Brasileiro de Informação sobre Medicamentos (Cebrim), do CFF. Foram produzidos ainda cerca de 20 vídeos e todo o delineamento pedagógico para o curso foi construído com a participação dos educadores Angelita Cristine de Melo e Wallace Entringer Bottacin, coordenadores pedagógicos do curso.

“Em nome do Plenário do CFF, agradeço a todos que contribuíram para a execução desse projeto”, comenta Walter Jorge João. Foram quase 50 pessoas envolvidas no desenvolvimento do curso e da plataforma e na produção dos materiais pedagógicos, entre eles: os docentes, os autores de conteúdo, os revisores literários, de conteúdo, os diagramadores, os produtores e editores de vídeos, o desenvolvedor da plataforma e da sua identidade visual. “Agradeço ainda o apoio da Diretoria do CRF-MS e a sua Assessoria de Comunicação por todo apoio para a produção do vídeo que demonstrou o processo de trabalho do farmacêutico na prestação do rastreamento em saúde e realização e teste rápido”, acrescentou o presidente.

O curso sobre testes rápidos para a Covid-19 pretende demonstrar os fundamentos teóricos e legais do rastreamento em saúde e da testagem rápida para a doença, além de capacitar os farmacêuticos a selecionarem e realizarem os testes rápidos adequados, com eficiência, biossegurança e segurança ocupacional e do paciente. O conselheiro federal de Farmácia pelo Distrito Federal, Forland Oliveira Silva, que divide a coordenação geral do curso com Josélia Frade, destaca que a capacitação se propõe também “a auxiliar os farmacêuticos a aplicarem o processo de raciocínio clínico e tomada de decisão no atendimento a pacientes sob suspeita de ter a doença, de forma a atender às necessidades de saúde desses pacientes e contribuir para a vigilância epidemiológica e o controle da pandemia.”

A conselheira federal de Farmácia pelo estado de Alagoas e uma das autoras de conteúdo do curso, Mônica Meira, ressalta a preocupação do conselho em respaldar os farmacêuticos e inseri-los no rol de profissionais da saúde cada vez mais requisitados, necessários e valorizados pela sociedade. Ela destaca também a qualidade do material que será oferecido. “Foi uma grande satisfação ter participado da construção do manual deste curso. O material possui uma excelente qualidade e irá ajudar muito aos colegas farmacêuticos que frequentemente buscam conhecimento, e o CFF está proporcionando esse crescimento profissional. Aproveito para parabenizar todos os colegas que estiveram envolvidos no projeto.”

“Nossa categoria tem um papel indispensável à saúde, especialmente nesse momento crítico, de uma pandemia que praticamente parou o planeta. Então, é muito importante que todos estejam preparados para o futuro inusitado e desafiador que se avizinha a partir dela e responda com profissionalismo as necessidades em saúde impostas neste momento”, conclui Walter Jorge João.

Plenária on-line – A Reunião Plenária do Conselho Federal de Fármácia (CFF) no mês junho aconteceu nesta sexta-feira, 26, a partir das 16 horas, por meio virtual. A mudança foi possível com a aprovação ad referendum do Plenário, da Resolução CFF nª 686/2020. A normativa, que altera o regimento interno do Conselho Federal de Farmácia (CFF) para prever e regulamentar a realização de reuniões plenárias por meio virtual, foi publicada em 12 de junho, em função da pandemia de Covid-19. A transmissão foi pelo canal do CFF no YouTube. “A situação atual demanda o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, para se evitar a disseminação da doença”, explicou o presidente do CFF, Walter da Silva Jorge João.

Equipe de desenvolvimento da plataforma e do curso

● Coordenação geral do curso: Forland Oliveira Silva e Josélia Cintya Quintão Pena Frade
● Coordenação pedagógica: Angelita Cristine de Melo e Wallace Entringer Bottacin
● Docentes:
Angelita Cristine de Melo
Cínthia Rios
Elaine Faria Morelo
Flavia Buainain Thomazi
Forland Oliveira Silva
Lysandro Pinto Borges
Thiago de Melo Costa Pereira
Wallace Entringer Bottacin

● Apoio aos participantes do curso
Amanda Caroline Carvalho Lima
Daniel Correia Júnior
Maisa Carla Miyazaki

● Apoio aos docentes
Angelita Cristine de Melo
Forland Oliveira Silva
Josélia Cintya Quintão Pena Frade
Wallace Entringer Bottacin

● Autores de conteúdo
Alessandra Russo
Aline Carrilho Menezes
Angelita Cristine de Melo
Cassyano Januário Correr
Clóvis Santana Reis
Dayani Galato
Elaine Faria Morelo
Forland Oliveira Silva
Francilene Silva
Isabela Dias de Almeida
Josélia Cintya Quintão Pena Frade
Júlio Onésio Ferreira Melo
Lays Pedrosa Santos
Leonel Augusto Morais Almeida
Letícia Nogueira Leite
Mateus Alves
Mônica Meira Leite Rodrigues
Rinaldo Ferreira
Thais Teles de Souza
Walleri Christini Torelli Reis
Wellington Barros da Silva

Revisores de conteúdo
Angelita Cristine de Melo
Forland Oliveira Silva
Ilana Socolik
Josélia Cintya Quintão Pena Frade
Lysandro Pinto Borges
Thiago de Melo Costa Pereira

● Revisão literária dos materiais e conteúdos para a plataforma
Ilana Socolik
Luiz Carlos Costa Ferreira
Murilo Caldas

● Revisão de materiais diagramados
Ilana Socolik
Josélia Cintya Quintão Pena Frade
Murilo Caldas

● Desenvolvimento e designer da plataforma
Israel de França Souza

● Apoio no desenvolvimento da plataforma
Josélia Cintya Quintão Pena Frade
Luiz Gustavo de Freitas Pires
Márcia dos Angeles Luna Leite
Maria Isabel Lopes

● Carregamento de conteúdos para a plataforma
Gustavo Lavorato Justino da Silva
Josélia Cintya Quintão Pena Frade Luiz
Gustavo de Freitas Pires
Maria Isabel Lopes

● Desenvolvimento de arte visual para a plataforma
Gabriel Henrique Cândido Silva

● Supervisão de desenvolvimento de arte visual para a plataforma
Gustavo Lavorato Justino da Silva
Maria Isabel Lopes

● Diagramação de materiais
Gustavo Lavorato Justino da Silva

● Produção das vídeo-aulas
Coordenação da Comunicação do CFF (supervisão/coordenação)
Assessoria de Comunicação do CRF-MS (captação e imagem)
Solaris Comunicação Multimídia (edição/finalização)
Elenco envolvido na simulação do atendimento
• Thallyta Fernandes dos Santos Campos – Farmacêutica
• Jefferson Moura de Souza – Publicitário
• Flavia Buainain Thomazi França – Farmacêutica bioquimica
• Monica Terezinha Scariot – Atendente de farmácia
• Suelen Dias De Oliveira – Farmacêutica
• Paula Buainain Thomazi – Publicitária
• Waldir Vicente Thomazi – Engenheiro

Angelita Cristine de Melo (concepção dos casos clínicos)
Forland Oliveira Silva e Josélia Cintya Quintão Pena Frade (roteiro)

● Revisão das vídeo-aulas
Angelita Cristine de Melo
Forland Oliveira Silva
Josélia Cyntia Quintão Pena Frade
Maria Isabel Lopes

● Equipe de avaliação
Angelita Cristine de Melo
Forland Oliveira Silva
Josélia Cintya Quintão Pena Frade
Márcia dos Angeles Luna Le

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui