DOAÇÃO: Saúde distribui mais 870 mil testes de coronavírus

0
0

300 mil são testes RT-PCR doados pela Petrobras e 570 mil da mineradora Vale. Os testes serão entregues aos estados a partir de segunda-feira (13) para auxiliar no diagnóstico da Covid-19

O Ministério da Saúde tem empenhado esforços para ampliar a testagem do coronavírus no Brasil por meio de aquisição de novos testes, seja por compra direta ou por meio de doações. A partir de segunda-feira (13), serão entregues cerca de 870 mil testes, entre RT-PCR (biologia molecular) e testes rápidos (sorologia), para todos o país. Até esta quarta-feira (8), já foram distribuídos aos estados 151,4 mil testes de RT-PCR e cerca de 500 mil testes rápidos, doados pela Vale.

Dos 800 mil testes que serão distribuídos aos estados na próxima semana, 300 mil são RT-PCR e foram doados pela empresa estatal Petrobrás. Destes, 200 mil serão repassados aos estados e 100 mil seguirão para a Secretária Estadual de Saúde do Rio de Janeiro para distribuição aos laboratórios públicos locais.

Este tipo de teste identifica o vírus que provoca a COVID-19 logo no início dos sintomas, ou seja, no período em que ainda está agindo no organismo. Ele é usado para diagnosticar casos graves internados com a Covid-19. Além disso, é utilizado na Rede Sentinela, que acompanha por amostragem a evolução da doença no Brasil, como os sintomas dos casos associados ao vírus tanto em quadros graves, na Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), quanto em casos leves, na Síndrome Gripal (SG).

Os outros 570 mil testes são o de sorologia doados pela mineradora Vale. Eles fazem parte da segunda remessa entregue ao Brasil, de mais 1 milhão de testes, que chegará ao território nacional até o fim desta semana. A outra parte desta segunda remessa, 430 mil testes rápidos, serão destinados para pesquisas (180 mil) e outros 247 mil para estoque estratégico do Ministério da Saúde.

No total, a Vale doou ao Ministério da Saúde 5 milhões de testes rápidos que irão atender os profissionais que atuam nos serviços de saúde de todo o país, além de agentes de segurança, como policiais, bombeiros e guardas civis com sintomas de síndrome gripal. A iniciativa permite que estes profissionais, que estão na linha de frente e fazem parte de serviços essenciais, possam realizar o teste e, uma vez que não apresentem mais sintomas da doença, possam retornar ao trabalho em menos tempo, com segurança, sem que precisem aguardar os 14 dias de isolamento preconizado.

Com resultado em até 20 minutos, os testes rápidos são feitos apenas após o sétimo dia do início dos sintomas respiratórios, como tosse, dificuldade para respirar, congestão nasal e dor de garganta, para detectar a presença de anticorpos (IgG e IgM), que são defesas produzidas pelo corpo humano contra o vírus SARS-CoV-2, que causa a Covid-19. Esse é um teste qualitativo para triagem e deve ser usado como uma ferramenta para auxílio no diagnóstico da COVID-19. O Ministério da Saúde está elaborando um protocolo com recomendações sobre o uso que será compartilhado com os Estados e Municípios.

TESTES REALIZADOS

Até 7 de abril, foram realizados 153.961 testes para investigação de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), em que se busca identificar a Covid-19, as influenzas, vírus sincicial e outros vírus respiratórios. Desses testes, 62.985 seguiram para a investigação específica da Covid-19, sendo 13.717 com resultado positivo. Os testes para coronavírus começaram a ser realizados a partir de 16 de fevereiro em laboratórios públicos e privados.

CAPACITAÇÃO DOS LABORATÓRIOS PÚBLICOS

Para atender a demanda de diagnóstico, os Laboratórios Centrais de Saúde Pública (Lacens) já ampliaram a capacidade de realização de testes por dia por meio do compartilhamento dos equipamentos da Rede de Carga Viral de HIV e Hepatites virais no país. Paralelamente, o Ministério da Saúde também está se programando para investir R$ 200 milhões para estruturação dos 27 laboratórios públicos, incluindo a modernização das metodologias de biologia molecular e sorologia, como a substituição de equipamentos usados no armazenamento de amostras, aquisição de insumos e realização de capacitações e treinamentos para os profissionais.

TESTES RT-PCR JÁ DISTRIBUÍDOS NO BRASIL

08/04/2020

Local de entrega – RT-PCR Estado Total enviado
Instituto Biológico do Exército RJ 2.016
Lab. de Vírus Respiratórios e Sarampo Fiocruz/RJ RJ 4.080
Instituto Adolfo Lutz SP 29.224
Instituto Evandro Chagas/SVS/MS PA 6.192
Lab. de Saúde Pública Rio Grande do Sul RS 8.568
Lab. de Saúde Pública de Santa Catarina SC 6.840
Lab. de Saúde Pública Dr. Gyovani Cysnei GO 5.136
Lab. Central de Saúde Pública do Paraná PR 6.960
Lab. Central de Saúde Pública do Amazonas AM 3.072
Fundo Estadual de Saúde do Estados da Bahia BA 6.288
Lab. Central de Saúde Pública do Ceara CE 5.928
Lab. de Saúde Pública do Espirito Santo ES 3.240
Lab. de Saúde Pública do Mato Grosso Sul MS 4.848
Lab. Central de Saúde Pública do Para PA 2.304
Lab. Central Saúde Pública de Pernambuco PE 6.336
Lab. Fundação Ezequiel Dias MG 9.768
Lab. Central Saúde Pública de Roraima RR 1.872
Lac. Central de Saúde Pública do Distrito Federal DF 9.456
Lac. Central de Saúde Pública do Rio de Janeiro RJ 10.080
Lac. Central de Saúde Pública de Sergipe SE 1.944
Lac. Central de Saúde Pública de Alagoas AL 1.896
Lab. Central do Rio Grande do Norte RN 2.016
Lab. Central do Piauí PI 1.680
Lab. Central do Mato Grosso MT 1.632
Lab. Central de Rondônia RO 1.992
Lab. Central de Tocantins TO 1.632
Lab. Central do Maranhão MA 1.608
Lab. Central de Amapá AP 1.848
Lab. Central da Paraíba PB 1.848
Lab. Central do Acre AC 1.128
Total 151.432
Testes rápidos (sorologia) – doação Vale já distribuídos – 08/04/2020
Estado Total enviado (1º/04/20)
AC 2.012
AL 6.986
AP 1.854
AM 8.586
BA 31.634
CE 18.057
DF 7.492
ES 9.010
GO 13.717
MA 14.381
MT 7.245
MS 7.047
MG 50.920
PA 14.806
PB 8.870
PR 26.199
PE 20.049
PI 7.260
RJ 37.636
RN 7.729
RS 28.941
RO 3.921
RR 1.459
SC 16.679
SP 106.787
SE 5.258
TO 4.268
TOTAL 468.802

 

Fonte: Ministério da Saúde

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui