Plano de gestão de estoque no Hospital Geral de Palmas Dr. Francisco Ayres ganha destaque em publicação do CFF

Um plano de ação para gerir o estoque na farmácia oncológica do Hospital Geral de Palmas Dr. Francisco Ayres, durante a pandemia de Covid-19, no estado do Tocantins, foi selecionado e publicado na sétima edição da revista do CFF Experiências Exitosas de Farmacêuticos no Sistema Único de Saúde. A história, relatada pela farmacêutica e autora principal Natália Belo Moreira Morbeck, que trabalhou em conjunto com a colega Ana Carolina Thomaz Soares Novak, recebeu o título “Gestão de estoque de uma farmácia oncológica do SUS utilizando ferramentas da gestão da qualidade”.

Natália Morbeck explica que o gerenciamento de estoque é um desafio presente no âmbito farmacêutico, como em muitos outros, que impactam na saúde dos pacientes hospitalizados, o que torna necessária a aplicação de métodos que auxiliam o gestor na elaboração do planejamento organizacional de sua equipe e estoque, aumentando, dessa forma, a sua relevância. “A publicação na revista de Experiências Exitosas foi um marco muito importante para o nosso serviço. Em que a gente conseguiu, de fato, colocar no papel e apresentar para os nossos gestores também todo o serviço que vem sendo desenvolvido dentro da farmácia da oncologia no hospital geral de Palmas. É um trabalho que o farmacêutico faz, apaga muito incêndio, faz muita coisa durante o dia, durante o seu expediente e, muitas vezes, não consegue quantificar. Então, neste trabalho, especificamente, a gente conseguiu mostrar um pouco de todo o serviço que o farmacêutico faz e a importância de todo o nosso trabalho.”

A ação realizada no Ambulatório de Oncologia em Palmas potencializou o serviço da equipe multiprofissional de saúde, por meio de um mapeamento dos processos de trabalhos, desenvolvido em quatro diferentes etapas: sensibilização da equipe, mapeamento do processo de trabalho, diagnóstico do processo e desenvolvimento do plano de ação. “As informações foram coletadas por meio de reuniões com a equipe composta por farmacêuticos, médicos, enfermeiros e recepcionistas”, resume Natália na introdução da experiência. “O foco do nosso trabalho desse artigo foi na parte de gestão, em que nós temos muitas dificuldades e muitos desafios a superar por ser SUS, por não termos um sistema de gerenciamento. Então, foi possível, com esse trabalho, mensurar e mobilizar outras equipes, outros servidores do hospital, para focarmos em num único objetivo, que é melhorar a gestão do estoque de medicamentos. E, consequentemente, para que isso seja possível, era necessário fazer toda uma gestão é do ambulatório, da oncologia, de uma forma geral”.

Ela reforça, também, a importância do apoio dos acadêmicos para a realização deste trabalho. “Como o nosso tempo, quanto o servidor, não é quanto farmacêutico, é muito curto por toda a demanda. E esse tipo de ação acaba ficando para segundo plano e, com a ajuda do de acadêmicos, e o apoio da universidade, foi possível a gente construir esse trabalho, mostrar um pouco do que a gente faz e, de repente, estimular outros farmacêuticos de outros serviços similares ao nosso a fazer o mesmo”, destaca.

A revista do CFF elegeu como tem as atividades bem-sucedidas organizadas nos serviços públicos de saúde durante o período de pandemia, quando o desafio foi ainda maior e os recursos ainda mais limitados. “Nós tivemos que mudar algumas ações dentro dos atendimentos dos pacientes com o objetivo de expor menos os pacientes. Então, foi muito importante toda essa mobilização com todos os outros servidores na gestão do ambulatório. E assim eu espero que, da mesma forma que eu recorri, várias vezes, a essa revista de experiências exitosas como uma forma de inspiração para melhorar o serviço, pra ver o que tá dando certo em outros lugares para a gente tentar, fazer algo parecido, como forma de expressão, eu espero que a publicação desse trabalho também sirva de inspiração para outros profissionais que estejam atuando no SUS e que o nosso objetivo como servidores do SUS, é fazer com que a população tenha acesso aos medicamentos de qualidade, com orientação, consulta farmacêutica, e todos o os outros serviços.

Clique aqui e confira a revista Experiências Exitosas de Farmacêuticos no SUS.